CategoryAutomóvel

Máquina de cartão de crédito: Como escolher a melhor?

A utilização de cartões de débito, crédito e cartões refeição é algo muito comum nos dias de hoje. Então, aceitar essa forma de pagamento é um item essencial dentro de um estabelecimento comercial. A maioria da população está em busca de segurança e praticidade, principalmente quando se fala em dinheiro.

Para vender através dos cartões, é necessário que o estabelecimento tenha um terminal eletrônico de transmissão de dados financeiros, ou como é conhecido popularmente, uma máquina de cartão. Para isso, o comerciante precisa comprar ou alugar essa máquina de alguma das empresas disponíveis no mercado.

Principais empresas fornecedoras de máquinas de cartão

  • Cielo;
  • Rede;
  • GetNet;
  • PagSeguro;
  • SumUp.

Como encontrar a melhor opção para seu negócio

Separamos para você, algumas dicas de como você pode encontrar e escolher a melhor opção de máquina de cartão para o seu negócio. Veja a seguir:

Tenha uma máquina de cartão que aceite mais de uma bandeira

Aceitar mais que uma bandeira de cartão é essencial, na verdade, quanto mais bandeiras você aceitar, melhor. Afinal, você não quer perder nenhuma venda pelo motivo de não aceitar aquela forma de pagamento, não é mesmo? Se você trabalhar no ramo alimentício, você deve adquirir uma máquina que aceite os cartões refeição.

Saiba seu volume de venda

Antes de adquirir uma máquina de cartão, entenda qual o seu volume de venda. Isso porque, existem diversos tipos de máquinas de cartão, umas para pouco volume e outras para grandes volumes de venda. Você deve investir naquela que não te deixará na mão.

Vale a pena pagar mensalidade da máquina de cartão?

Uma avaliação que você tem que fazer é sobre comprar ou alugar uma máquina. Você tem que ver o que vale mais a pena para você. Pois, existem empresas que vendem máquinas onde você paga o valor do aluguel por dez meses e ao final desse período a máquina é sua.

Quanto custa um seguro automóvel para Hilux?

Uma das picapes mais conhecidas e vendidas do mundo, a Toyota Hilux conta com diversos modelos e versões. Indo desde cabines simples, até cabines duplas e estendidas.

Independente do modelo e da versão alguns pontos são quase unanimidades. A Hilux é sinal de conforto, tecnologia, desempenho e potência.

Uma picape robusta e que pode, facilmente, se adaptar a qualquer necessidade com suas versões com tração 4×2 e 4×4.

Seguro Automóvel para Hilux

O valor médio do seguro para Hilux oscila muito por todo o território brasileiro. Isso ocorre por existirem diversos modelos e versões de Hilux, e o seguro para Hilux observa o valor de mercado do veículo, tempo de CNH, histórico de pontuação, multas e sinistro do motorista principal, cidade e localidade do contratante, são fatores que são considerados

O valor do seguro automóvel para Hilux também pode variar bruscamente de seguradora para seguradora, pelo fato de cada empresa oferecer um tipo diferente de produto e com adicionais e coberturas diferentes.

Pesquisas realizadas por diversos sites e páginas especializadas em automóveis, mostram que o valor do seguro para Hilux pode ir de R$2.500,00, para versões mais básicas e antigas, até R$6.800,00, para versões mais completas e novas.

As mesmas pesquisas mostram que, para determinados perfis, cidades e opções de cobertura, o seguro para Hilux pode chegar ao valor de R$18.000,00.

O segredo para conseguir a proteção necessária e não sentir o peso na sua carteira é fazer cotações em diversas seguradoras e escolher o seguro automóvel para Hilux que melhor atenda suas necessidades, evitando opções desnecessárias.

As cotações podem ser feitas de forma rápida e fácil pela internet, através do preenchimento de formulários com dados básicos sobre o contratante, os motoristas e o veículo. É importante que as informações sejam fornecidas de forma correta, para evitar problemas futuros e evitar valores maiores do seguro para Hilux.

Consultar placa: Veja como consultar informações sobre seu veículo através da placa

Aprender como consultar placa do veículo é a melhor maneira de descobrir informações sobre o histórico do automóvel ou moto. Isso porque a placa é semelhante a um RG para nós, ou seja, um registro com nossos dados básicos e que permite nos diferenciar dos demais.

Mas como fazer essa consulta? É isso que você poderá descobrir ao longo deste post. Assim, ao terminar a leitura, saberá como conhecer as diversas informações registradas sobre o seu veículo sem complicações. Confira:

Quais informações tenho ao consultar placa?

Consultar placa é uma prática que visa, principalmente, obter informações para fazer tarefas importantes em relação ao veículo como, por exemplo:

  • número do RENAVAM;
  • modelo do veículo;
  • identificar pendências e débitos em aberto;
  • verificar se o automóvel está regular com as obrigações do DETRAN;
  • descobrir períodos de pagamento dos próximos impostos e taxas;
  • imprimir guia de arrecadação;
  • ocorrência de sinistro.

Como consultar placa do veículo

Antigamente era necessário ir até um dos postos do DETRAN para fazer a consulta placa, mas hoje em dia já existe essa opção no meio digital. Confira um passo a passo para a consulta simples pelo DETRAN:

1° passo

Acesse o site do DETRAN da Unidade Federativa em que o veículo está registrado. Como o DETRAN é um departamento ESTADUAL, cada região possui seu próprio site.

Para entrar no seu, basta digitar [www.detran.uf.gov.br], lembrando que no lugar da uf você deve colocar a sigla do seu estado.

2° passo

Localize no site alguma aba, ícone ou botão referente à consulta veicular. Pode ser algo como “Consulta de Veículos”, “Consulta Débito de Veículos” ou outra nomenclatura parecida.

Normalmente, essa ferramenta estará em um lugar visível e fácil de se encontrar no site.

3° passo

Após encontrar a seção mencionada no passo anterior, você será direcionado para um formulário, onde precisará preencher campos com algumas informações básicas do veículo que deseja consultar.

Geralmente é solicitado o número da placa e o Renavam, porém alguns DETRANs podem solicitar o número do chassi.

4° passo

Após preencher todas as informações solicitadas, é bem provável que haja a necessidade de fazer alguma confirmação de segurança, como marcar imagens ou digitar letras e números.

Feito isso, clique em um botão onde conste “Consultar”, “Entrar” ou “Enviar” e você já terá acesso à várias informações importantes, como status do licenciamento, IPVA, infrações e multas inscritas.

É preciso lembrar-se de que esse tipo de consulta é a mais simples, disponível gratuitamente pelo DETRAN para que os proprietários de veículos consigam realizar as atividades no intuito de manter-se dirigindo legalmente.

Após descobrir como consultar placa é recomendado que você realize essa prática constantemente. Dessa forma, será possível manter os dados do seu veículo regularizado ou melhor evitar comprar um veículo que esteja com pendências.

Por essa razão, busque acessar as informações no site do Detran do seu estado e verificar as informações atualizadas sobre a regularidade do seu automóvel.